Se for para a montanha não se esqueça de levar…

Olá, eu sou o João, sou farmacêutico e tenho 26 anos. Sou uma pessoa muito prática e com tendência para atribuir poesia a tudo. Em sintonia com a minha própria existência contraditória, gosto de me distrair a escrever e a deitar fora manuscritos, a visualizar vezes sem conta as mesmas séries de TV e a tocar guitarra para abafar o volume da minha hipocrisia. Costumo achar que daria um bom professor, mas o meu maior defeito é que tenho tendência para não acabar fr-

Gosto principalmente de caminhadas e ambiente de montanha, mas também de praia ocasionalmente. Tenho um carinho especial pela Serra da Arrábida, e um desgosto de estimação por futebol.

Este ano vou de férias com amigos para os Pirinéus. Na montanha é importante pensar não só em termos de farmácia, mas também em roupa e equipamento. Escolher tecidos leves que permitam vestir em camadas caso faça frio. O calçado é extremamente importante que seja confortável e não facilite entorses. Para variar, o pessoal encarregou-me a mim de fazer a lista da farmácia, por isso vou levar: repelente e um gel para as picadas dos insetos, protetor solar, um gel anti-inflamatório para o caso de haver alguma entorse, pensos para as bolhas nos pés, um kit de primeiros socorros com desinfetante topico, pensos rápidos, compressas e ligaduras, um analgésico e anti-inflamatório e sacos de gelo instantaneo. A Luísa falou-me nas joelheiras elásticas e acho que este ano também vou levar uma para mim. Por via das dúvidas acho que vou também levar um probiótico e um anti-histamínico porque às vezes não me dou bem com a comida nem com os pólens nesta altura.

Fotografia Pau Storch