Os lanches para a escola

Esta semana a propósito da comemoração do Dia Mundial da Alimentação os miúdos receberam na escola  sugestões de lanches “saudáveis”.

Conversámos , tirámos  e acrescentámos ingredientes aos menus e juntos chegámos  a um plano semanal:

Esta boa iniciativa do agrupamento escolar tem o mérito de pôr pais e filhos a pensarem nas escolhas saudáveis.

Os dias passam a correr, entre as mil e uma coisas que preenchem as minhas vinte e quatro horas, confesso que  foi a primeira vez que parei para  pensar a sério sobre os lanches e snacks.

Sei o que quero: evitar alimentos processados  porque têm muito sal,e este está associado à  hipertensão, e muito açúcar, que é responsável  pelo excesso de peso e a  diabetes.Além de terem um perfil nutricional mais pobre e  ingredientes artificiais “com fartura”.

Sim,é verdade que são mais prácticos, tirar da prateleira para o  cesto do supermercado e depois directamente para a lancheira. São de fácil consumo com a vantagem de serem mais baratos!

Confesso que muitas vezes passo no supermercado,  com os minutos e milésimos de segundo contados, e estes produtos estão arrumados de uma forma estratégica mesmo à mão, perfeitos para “desenrascar a coisa”.

Não quero que os meus filhos a longo prazo paguem uma factura bem cara= a falta de saúde.

Claro que uma alimentação sem este tipo de alimentos exige uma maior dedicação na cozinha…e eu sempre fugi dela.

Mas com a equipa da casa entusiasmada e motivada e a planificação pendurada na porta do frigorífico já avançámos para a casa número dois.

Agora começamos pelos lanches para a escola e depois quem sabe…

Vou contar aqui tudo sobre este novo desafio.

Em caso de dúvida ou sugestões contacte a sua farmacêutica 🙂

Fotos de sugestão de Joana Limão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *