Na piscina proteja os seus pés e use chinelos!

No domingo de manhã levei os miúdos à aula de natação. Enquanto estavam na piscina sentei-me na bancada à conversa com as outras mães. Leonor, mãe de um par de gémeos, Amélia e João, colegas de água da Madalena começou por contar-me que o marido, nadador federado queixava-se recorrentemente de comichão no pé e tinha entre os dedos uma descamação.

“Luísa és a nossa farmacêutica de serviço o que achas que pode ser?”

Foi o ponto de partida para uma conversa de bancada entre as mães com direito a testemunhos podológicos na primeira pessoa.

Expliquei quando surgem queixas como comichão, descamação ou fissuras entre os dedos acompanhado de um odor desagradável, por exemplo a queijo Roquefort, (gargalhada geral)  estamos muito provavelmente perante uma infecção causada por fungos, mais conhecida como Pé de Atleta.

As micoses entre os dedos são muito comuns em frequentadores de balneários e piscinas e também entre quem usa prolongadamente  calçado favorável à acumulação de humidade.

Os fungos adoram   ambientes fechados, quentes e húmidos.

Quando a aula terminou desci com a Leonor para o balneário e qual não foi o seu espanto quando viu o marido a sair da piscina olímpica em direcção à piscina dos miúdos descalço “esqueceu-se outra vez dos chinelos “murmurou.

Como posso tratar e manter os meus pés a salvo dos fungos?

Tratamento:

  1. Lave bem o pé com gel antisséptico
  2. Seque bem o pé, use por exemplo, papel higiénico, de forma a absorver toda a humidade
  3. Aplique um creme antifúngico entre os dedos
  4. Areje os sapatos e coloque um pó antifúngico no seu interior

Estes passos devem ser feitos todos os dias, de manhã e à noite, ao longo de 3 a 4 semanas

Prevenção:

Nos balneários deve utilizar SEMPRE chinelos e não os partilhe

Evite andar descalço no espaço que envolve a piscina

Lave os pés diariamente e seque-os bem, sobretudo entre os dedos

Troque de meias todos os dias, preferindo as de algodão

Aplique pó mico-preventivo no calçado fechado para controlar a humidade e transpiração

Se frequenta piscinas e balneários pode utilizar diariamente como prevenção um gel antisséptico para reforçar as defesas da pele contra contaminações externas

Limpe a banheira após o banho, para não transmitir a quem for tomar banho a seguir

Não partilhe toalhas

Em caso de dúvida consulte a sua farmacêutica;)

 

 

 

 

  1. Muito interessante este artigo, cada vez mais os cuidados deveram ser reforçados, percebesse perfeitamente que por vezes as regras de higiene nestes espaços não são cumpridas, estão há que prevenir para não correr riscos.
    Gostei:)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *