#CELULITE

casca de laranja

Quando me pedem opinião sobre cremes, loções, géis, adesivos transdérmicos, para erradicar a celulite, depois de a pobre coitada ter sido largada aos bichos durante doze meses, tenho dificuldade em ajudar. Claro que é apenas a uma semana da praia (e dos biquínis, fatos de banho e shorts que finalmente saltam da arca) que começam a surgir em barda as fotos nas redes socias de beldades com retoques photoshopeados, e que, consequentemente, também o pessoal se lembra finalmente da sua própria “casca de laranja”. Minhas senhoras e meus senhores, apesar de a celulite ter passado o inverno hibernando debaixo de camadas de roupa, ela não nos abandonou só porque estava tapada, e continua lá coladinha que nem uma lapa às nossas pernas e inseguranças.

A minha resposta, por mais dura que seja, é sempre a mesma: Não há soluções rápidas nem definitivas!

Por mais que haja uma vontade incrível de quem está desesperado e disposto a despender uns bons euros numa solução rápida e milagrosa, eu tenho de relembrar que a celulite é persistente, pelo que é preciso atacá-la ao longo de todo o ano.

Os produtos de saúde e as técnicas adelgaçantes (massagens manuais, tecnologia de ondas acústicas, endermologia ou o laser), não produzem o efeito desejado se usados isoladamente, por isso para efetivamente reduzir a aparência citrina, é fundamental adoptar hábitos de vida mais saudáveis:

  • Praticar uma alimentação equilibrada, favorecendo os legumes, as frutas, as proteínas magras e os hidratos de carbono de libertação lenta (do arroz e das massas integrais), evitando as gorduras saturadas, o sal e o açúcar.
  • Beber mais água e beber menos álcool e bebidas com muito açúcar.
  • Praticar exercício físico de forma regular para queimar as calorias em excesso e reduzir o stress.
  • Evitar usar roupa muito justa pois dificulta a circulação do sangue e assim pode contribuir para o desenvolvimento de celulite.
  • Não fumar e evitar permanecer muito tempo quer de pé, quer sentado.

Se o combate à celulite for o incentivo para substituir diariamente um mau hábito por um bom, então acredite que já vale a pena mesmo que o efeito na celulite não seja imediato!

Esta solução não é perfeita, e existirão sempre situações em que se mantém algum vestígio que não conseguimos eliminar; por isso é importante abordar o assunto sem culpas nem julgamentos excessivos, continuando a propagar os hashtags como #vidarealsemfiltro, #pessoasreais, #corposreais, que já são mais frequentes nas redes sociais. Afinal de contas, estamos todos apenas a tentar ser saudáveis e por isso não devemos ser criticados, mas sim elogiados, independentemente da perfeição do resultado final do nosso esforço.

Em caso de dúvida pergunte à sua farmacêutica 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.