Se for para São Tomé não se esqueça…

Olá! O meu nome é Marcos e tenho 28 anos, 5 dos quais aqui na farmácia. Para além de ser farmacêutico, nas horas vagas toco na minha banda, gosto de ler e de viajar. Por isso, quando surgiu a ideia de ir a São Tomé e Príncipe com a minha namorada, percebi que tinha de ir prevenido com algumas coisas daqui da farmácia, para evitar imprevistos e conseguir resolvê-los se surgirem. Assim, prevendo a exposição solar nos passeios e na praia, é fundamental levar um protector solar de índice muito elevado, bem como um creme pós solar e outro para queimaduras, se mesmo assim acontecerem.

 

Outra característica a considerar dos países tropicais é a presença de insectos, nomeadamente mosquitos, que com a sua picada podem transmitir doenças, para além da habitual comichão e desconforto. Por isso, terei que levar um repelente de insectos eficaz para os manter afastados, e um gel calmante e/ou anti-histamínico para o caso de mesmo assim atacarem. É preciso também atenção redobrada à água para consumo, evitando ingerir água não engarrafada ou produtos não cozinhados preparados com água, devido ao risco de causar alterações gastrointestinais, como diarreia, pelo que é bom ter à mão um antidiarreico para pará-la, um probiótico para regularizar a flora intestinal, e um soro de reidratação oral para repor os líquidos perdidos.

 

Além disso, marquei a  consulta do viajante, porque para alguns destinos em África há vacinas que são obrigatórias e medicamentos que temos que tomar que nos protegem contra as doenças endémicas. De resto, falta só juntar os produtos de higiene diária, em formato de viagem para não ocupar muito espaço, e aproveitar a viagem!

Fotografia Pau Storch

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *