O estranho céu vermelho

Sinto uma  grande tristeza e preocupação. Que tragédia. Partilho um testemunho de quem entrou na farmácia com o coração desfeito e incrédulo…ao fim de poucos meses…a passar pelo mesmo.

Hoje a Rosa foi a primeira utente a entrar na farmácia. Entre a emoção e a aflição começou por dizer meia dúzia de frases atropeladas por lágrimas e revolta:

– Doutora Luísa, Portugal está a arder ! Isto não tem fim !

– O meu marido abalou ontem de madrugada para a terra, foi ajudar os meus sogros a salvar a casa e a libertar a criação, galinhas e patos. Os bombeiros não tem mãos a medir. São tantos os fogos que não conseguem chegar a todo o lado.

-O pomar ardeu. As macieiras, nespereiras e os limoeiros. Desapareceram anos de trabalho…

Enquanto falava, as lágrimas caiam dos olhos. Pareciam as gotas grossas da chuva que teima em não cair.

À medida que entravam utentes na farmácia, juntavam-se à Rosa com palavras de apoio e depois de revolta contra esta catástrofe que nãotermina.

A Rosa levou compressas, ligaduras, várias embalagens de cremes regeneradores para tratar as queimaduras, soro fisiológico e um colírio para os olhos.

-Vou agora para a aldeia  levo a carrinha carregada com garrafões de água e alimentos.

Além dos produtos conversámos sobre algumas  RECOMENDAÇÕES IMPORTANTES:

A inalação de fumo

Se estiver numa zona de incêndio:

  • Utilize máscaras apropriadas e panos húmidos para evitar respirar partículas que possam causar danos nos seus pulmões. As máscaras usadas para proteger do pó não são eficazes.
  • Se atravessar de carro uma zona com fumo, feche as janelas e os ventiladores. Se o carro tiver ar condicionado, este deve ser ligado em recirculação.
  • Se sentir comichão ou irritação nos olhos coloque gotas de soro fisiológico (em monodoses) ou colírios com lubrificante.

Desidratação

  •  Hidrate-se! Em situações de muito calor beba muitos líquidos, mesmo se não tiver sede.
  • Evite bebidas alcoólicas, com gás, com cafeína, ou ricas em açúcar.
  • Reponha os sais minerais perdidos pela transpiração,beba sumos de fruta ou produtos de rehidratação oral.

As temperaturas elevadas provocam uma maior transpiração que pode ser acompanhada de fraqueza, cansaço e cãibras. Precisa repor os sais minerais que perdeu.

Se após a exposição a fumo tiver tosse, falta de ar, sensação de peso no peito, tonturas ou dores de cabeça, consulte um profissional de saúde.

Dei-lhe um braço bem apertado e pedi-lhe noticias.

Envio um abraço forte de solidariedade para todas as pessoas que estão a passar por este momento trágico, para quem luta na linha da frente ao lado das populações, para os “farmacêuticos de família” e profissionais de saúde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *