Depois da praia fiquei com manchas…

Para a nossa querida Amália a praia é óptima no inverno para “apanhar ondas” e no Verão é para apanhar sol.

Surfar é bem cedinho e na Praia Pequena, pois nesta altura há muitos banhistas a boiar nas águas.

Hoje antes de ir para a faculdade veio à farmácia, com um bronzeado de fazer inveja, a franja tapava os olhos e tinha as madeixas apanhadas numa trança. Encosta-se ao balcão e diz baixinho num tom super cómico:

“Tenho manchas nas costas, preciso da vossa ajuda ou daqui a alguns mesitos arrisco a estreia do filme Amália a 102ªdálmata!”

Depois de rirmos as duas pergunto-lhe:

Amália já ouviu falar de Pitiríase versicolor?

Com os olhos pretos esbugalhados solta um longo:” o QUÊ?”

Passo a explicar: “É uma infecção superficial caracterizada por alterações na pigmentação cutânea, causada por um fungo da família Malassezia.

Fixa-se em zonas onde há maior acumulação de gordura como o tronco, pescoço, couro cabeludo e face.

Enrola a trança na mão como sinal de impaciência e apresso o resto da explicação:

“As lesões do fungo são, na maioria das vezes hipopigmentadas, por isso tem essas alterações na cor da pele, podiam também ter uma ligeira descamação…”

Corta-me a palavra e diz: “Tomo banho todos os dias!”

Amália, esta infecção nada tem a ver com falta de hábitos de higiene, não é contagiosa, não se apanha na praia, nem na piscina e torna-se mais evidente quando se inicia a exposição solar, porque há contraste entre a pele saudável, que fica bronzeada, e a pele que está infectada com o fungo.

Tratamento

Na maioria dos casos o tratamento é simples e passa pela lavagem com um antisséptico e a aplicação local de um antifúngico (cetoconazol) em forma de líquido cutâneo para a absorção ser rápida e  fácil de aplicar em zonas extensas.

Para evitar a progressão do crescimento do fungo é importante que inicie já o tratamento. Normalmente os resultados podem levar algumas semanas ou meses a serem visíveis.

“Além dos produtos para tratar as manchas quero levar também o protector solar em stick 50+ que costumo comprar para por na cara antes de surfar”.

Despede-se distribuindo beijinhos, dou-lhe a derradeira e importante recomendação:

“Amália, se evoluir ou piorar deve consultar o médico”

Em caso de dúvida contacte a sua farmacêutica 🙂

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *